Categoria: Os insectos

Escaravelho-do-alecrim

Este escaravelho apareceu este ano nas alfazemas e danificou principalmente as Lavandula dentata. Contactei a RHS para saber o que era e o que fazer. Responde o Dr. Andrew Salisbury, entomologista.

Escaravelho-do-alecrim, Chrysolina americana
Escaravelho-do-alecrim, Chrysolina americana a atacar uma alfazema.

Trata-se do Escaravelho-do-alecrim1, Chrysolina americana. É originário da zona mediterrânica e nativo em Portugal. Nos últimos 15 anos também se estabeleceu em algumas partes de Inglaterra. Os adultos têm cerca de 6-7mm, de cor verde-metálica com riscas púrpuras no tórax e asas. As larvas são acinzentadas-brancas, com cerca de 8mm.
Tanto o escaravelho como as larvas alimentam-se da folhagem e causam estragos consideráveis se estiverem presentes em número suficiente. Outras plantas de que alimenta são o alecrim, tomilho e salva.
Habitualmente passa os meses de Verão como adulto sem se alimentar, nas suas plantas hospedeiras. No fim do Verão ou início do Outono torna-se novamente activo recomeçando a alimentar-se das folhas. Acasalam e colocam os ovos na folhagem que eclodem após dez dias em larvas que se podem observar em qualquer altura desde o início do Outono até ao início da Primavera. Por vezes é possível encontrar escaravelhos na planta durante o Inverno. Quando as larvam acabam a sua alimentação, vão para o solo para pupar.
É possível controlar esta peste procurando os adultos e as larvas e removendo-os à mão, tratando-se também do único método biológico possível.

Escaravelho-do-alecrim, Chrysolina americana
Escaravelho-do-alecrim, Chrysolina americana. Pode-se observar perfeitamente o dano causado numa folha de alfazema.

De notar que os métodos químicos são particularmente desaconselhados pois este escaravelho alimenta-se de plantas que atraem muitos insectos benéficos e no caso do alecrim, tomilho e salva, são utilizadas na culinária.

  1. Tradução literal que não sei se corresponde ao nome português. []