Dedaleira, Digitalis purpurea
Dedaleira, Digitalis purpurea.

Plantei seis pés de Abóbora’Red kuri’, ainda não tinha acabado o dia e três já estavam todos atabalhoados pelos gatos. Voltei a plantá-los e coloquei uma rede. No dia seguinte, de três nada sobrou graças aos caracóis.
Transplantei para vasos maiores todas as alfazemas (qua agora não sei quais são) e alecrins ‘Sissinghurst blue’. Também uma Fucshia que agora não sei o nome (terei de perguntar ao amigo de onde veio o corte) e uma Chimonanthus praecox, tudo reprodução própria.
Entretanto as dedaleiras “espontâneas” estão o máximo.