Etiqueta: ameixoeira-do-cabo

Canteiro

Canteiro

Canteiro

No canteiro de onde removi o último Acer palmatum ‘Sango-kaku’, plantei uma série de coisas, todas reproduzidas por cá (não comprei nada). Três Guarda-do-cardeal, Pachystachys spicata, uma Ameixoeira-do-cabo, Carissa macrocarpa e quatro Hemerocallis ‘Autumn red’. Também uma outra que não me lembro do nome e que tem uma seiva amarela ou cor-de-laranja, se partir um raminho. Por fim, mais “uma dose” de Bidens ferulifolia que transplantei do quintal e tem uma taxa de mortalidade assinalável, mas gosto imenso como cobertura do solo e está literalmente florida todo ano.
No fim, coloquei uma rede que fica verdadeiramente horrível, para evitar que os cães arruinem as novas plantas e também que estraguem os teixos ao passar para o quintal (e depois no quintal, que arruinem tudo). Enfim, jardim, ou cães é o meu lema e como estes nunca tive, nem conheço ninguém que tenha.