Etiqueta: sementeira

Tenho as sementeiras atrasadas e hoje só consegui fazer umas de Ervilha-de-cheiro ‘Royal family white’ e directamente no Jardim Branco Gypsophila ‘Covent garden’. Em tabuleiro Tomate ‘Coração-de-boi’ e Malagueta ‘Joe’s long’.

Hoje andei principalmente nas sementeiras. As malaguetas coloquei na cozinha, contra a vontade da entidade responsável, suponho. A alternativa é não ter nada como o ano passado.
Semeei o seguinte:

  • Malagueta ‘Cherry Bomb Red’
  • Malagueta ‘Jalapeño Purple’
  • Malagueta ‘Coyote Zan White’
  • Malagueta ‘Trinidad Perfume’
  • Malagueta ‘Black Hungarian’
  • Malagueta ‘Lemon Drop’
  • Malagueta ‘Joe’s Long’
  • Malagueta ‘Sweet Banana’
  • Tomate ‘Coração-de-boi’
  • Tomate ‘Ribatejano’
  • Tomate ‘Green zebra’
  • Pimento ‘Corno di toro giallo’
  • Abóbora ‘Waltham butternut’
  • Abóbora ‘Red kuri’
  • Melancia ‘Sugar baby’
  • Rúcula ‘Ruca’

Quando podei o Cestrum nocturnum aproveitei quatro estacas para o tentar reproduzir. Só quatro porque sou sempre assim, pessimista em tudo, menos no jardim e na saúde.
E como o optimismo é contagiante, completamente fora do tempo semeei Manjericão-vermelho. Esqueci-me antes e nem tive grande tempo… as duas coisas. Mas é uma planta que não queria perder. Como o tempo está mudado, costumamos ter calor até ao fim de Outubro ou mais, por isso vamos a ver, para contar como foi.
No quintal nos canteiros 1 e 4, semeei uma linha de uma mistura “anti-caracóis”. Por essa ordem de ideias precisava de encher o quintal destas plantas. Alguém me deu estas sementes porque nunca compro nada sem nome.
Por fim num tabuleiro semeei uns feijōes que uma amiga me trouxe do Japão e já não me lembro exactamente o que são. E no lado direito da porta da garagem Callistephus chinensis. Também estou a utilizar estas sementes porque mais uns tempos e estarão inviáveis.

Passou mais de um mês e não tenho um único pé de malagueta germinado. Ou não germinam porque continua frio, ou tenho caracóis e lesmas a dizimar as plântulas. Parece mais um ano sem malaguetas.

Semear em linhas ou padrão geométrico

Quando se utiliza terra do jardim nas sementeiras, é natural que germinem muitas ervas daninhas. Deve-se semear em linhas ou em algum padrão geométrico identificável e não apenas espalhando simplesmente as semente na terra. Desse modo podemos distinguir entre as pequenas plantas que nos interessam e as pequenas ervas que vão aparecendo.