Etiqueta: cedro-do-líbano

Estive a transplantar o Cedro-do-Líbano que tenho, julgo eu desde 2011, de uma semente. Quase que o deixava secar, porque está na casa antiga e com o muito que tinha na cabeça, não me lembrei de ir lá regar. Mas de qualquer modo, transplantei-o de um vaso grande onde estava, para um vaso enorme.

Acabei de podar os arbustos e também podei as três macieiras. Fico admirado com o Cestrum nocturnum da entrada lateral, já tive de o podar outra vez porque ameaça constantemente tomar conta de tudo. Plantei finalmente o Teixo substituto do que morreu. Amarrei roseiras e a Glicínia, a ver se não se tornam muito selvagens para os vizinhos. Arranquei um balde enorme habitual de ervas, ao chegar a Março, ou se anda em cima das ervas, ou tomarão conta de tudo.
Aproveitei que fiquei com um vaso grande do Teixo e resolvi transplantar o Cedro-do-Líbano que por aqui anda. Reparei ao ler a etiqueta que é fruto de uma semente que semeeei há 10 anos, acho que nem 50cm de altura terá.
Também tirei bastantes fotografias, de repente há imensos motivos de interesse, mas ainda não houve oportunidade para as “revelar”.