Etiqueta: manjericão

Têm nascido várias plantas espontaneamente que é uma coisa que eu gosto, porque de alguma forma é sucesso com pouco trabalho, onde por vezes não se consegue sucesso nenhum. Transplantei para vasos algumas Chagas, Tropaeolum majus L. e também algumas Euphorbia lathyris (que não parecem muito felizes neste momento).
Os gatos partiram duas hastes do Manjericão ‘Pluto’ que ganharam raízes em pequenos copos. Coloquei-os em vaso e também não parecem muito felizes. De um ramo que partiu do único Rosmarinus officinalis ‘Sissinghurst Blue’ tentei propagar e de oito, secou agora o último. Vou tentar outra vez numa mistura quase integralmente perlite.

Manjericão-vermelho
Manjericão-vermelho, Ocimum basilicum ‘Purpurascens’.
Vagens 'Maravilha-de-Piemonte'
Vagens ‘Maravilha-de-Piemonte’. Como se pode ver, por alguma razão, há umas bastante diferentes.

Plantei cinco pés de Manjericão vermelho, Ocimum basilicum ‘Purpurascens’ e seis de ‘Aroma 2’ no quintal. Junto, uma nova linha de Feijão ‘Maravilha-de-Piemonte’, também colhi um quilo de vagens das linhas anteriores.

Semeei no canteiro 2, da esquerda para a direita, feijão ‘Maravilha de Piemonte’ e ‘Catarino’, duas fileiras de cada. Voltei a semear Manjericão vermelho, Ocimum basilicum ‘Purpurascens’, espero que desta vez germine e não seja devorado, porque é uma planta adorável. Transplantei para vasos dois pés de Manjericão ‘Pluto’ e 14 pés de Manjericão ‘Aroma 2’ F1. Também transplantei cinco pés de Malagueta ‘De cayenne’, todos comidos. Também dois pés de Malagueta ‘Golden cayenne’. Este ano as malaguetas foram um desastre, a maior parte não germinou e desconfio que algumas que terão germinado, foram devoradas imediatamente. O mesmo para os pimentos, uma desgraça. Pela minha experiência, as malaguetas necessitam de uns 20ºC consistentes, o que este ano não há. Estão neste momento 17ºC e já se anunciam mínimas de 12ºC para os próximos dias.
No Jardim do Lago, três pés de milho-doce ‘Fiesta’.

Pyracantha ‘Orange glow’
Entretanto a Pyracantha ‘Orange glow’. Todas estas flores vão dar umas pequenas bolas cor-de-laranja, daí o nome.

Hoje fiz algumas sementeiras… Tomate ‘Marmande’, ‘Minibel’, ‘Gigantomo’ (AGM) e ‘Cherrola’ (AGM)… Manjericão ‘Pluto’ (AGM) e ‘Aroma 2’ (AGM)… Malagueta ‘De Cayenne’ e ‘Golden cayenne’… Pimento ‘California wonder’.
No Jardim do Lago, junto à parede da garagem Dimorphoteca que são semelhantes a Osteospermum, ou seja “Estrelas-do-Cabo”. Estas sementes andavam por aqui há anos, duvido que ainda estejam viáveis.

Preservar manjericão

Manjericão-vermelho
Manjericão-vermelho, Ocimum basilicum ‘Atropurpureum’.

Manjericão é delicioso, relativamente fácil de cultivar e muito nutritivo, mas só o podemos ter fresco no jardim durante um curto espaço de tempo e como acontece com outras plantas, por vezes está pronto a colher todo de uma vez. Felizmente existem várias formas de o preservar para o resto do ano.

Secar

Não se deve amarrar o manjericão pelos caules como por exemplo a alfazema. Em vez disso, separam-se as folhas, lavam-se e colocam-se numa rede ou superfície absorvente (uma toalha ou papel de cozinha). Virar as folhas diariamente até ficarem quebradiças. Guardar num recipiente hermético.

Congelar

Separam-se as folhas dos caules e lavam-se, depois espalham-se para secarem ao ar durante meia hora. Colocam-se em camadas num saco para congelar e no congelador.

Puré

Também se separam as folhas dos caules e lavam-se, depois espalham-se para secarem ao ar durante meia hora. Colocam-se as folhas numa picadora durante poucos segundos. Adiciona-se alguma água e pica-se outra vez até formar uma pasta. Deita-se este líquido em formas para cubos de gelo e depois de congelado retira-se das formas e guardam-se os cubos no congelador.

Manjericão-vermelho
Devemos deixar alguns pés florir, para recolhermos as sementes da próxima época.