Etiqueta: beringela ‘tsakoniki’

Terriço de folhas

Terriço de Folhas

Fui à gaiola do terriço de folhas ver em que estado estava e se havia algo utilizável imediatamente. E há, imenso. Está óptimo, mesmo fofo e leve.
A minha ideia é cobrir o solo junto de várias culturas — abóboras, curgetes, etc, antes que venha o calor. Deu para peneirar uns baldes e já espalhei no quintal com vários centímetros de altura. Amanhã continuo.
Cortei uns ramos da Ginkgo biloba da vizinha e mais uma série de coisas do meu lado e triturei tudo.
Transplantei bastantes Beringelas para pequenos vasos. É uma fase intermédia que queria evitar, mas vou tentar colocar no quintal mais desenvolvidas, senão as perdas são enormes, estamos com mínimas nocturnas de 11ºC, é muito baixo.
Numa nota bastante negativa, descobri morto o cágado que julguei ter fugido. Já tinha falado dos três cágados. Não sei o que aconteceu, terá chegado a sua hora, porque em estado selvagem não vivem mais de 50 anos e estes já têm mais de 60. Pelo menos sei que não morreu sei lá onde — às vezes pensava nisso. Mas é triste.

Semeei Beringela ‘Tsakoniki’ e ‘White egg’. Transplantei todas as alfaces, que estão mais robustas que no fiasco anterior — mas de qualquer modo, vem aí imenso calor ao que dizem.
Nos canteiros 2 e 3 uma fileira de rabanetes ‘National 2’ da Vilmorin. Nos canteiros 1 e 4 uma fileira de espinafres perpétuos, Beta vulgaris, mas são sementes antigas, não tenho grande fé. Nos quatro canteiros, junto às estacas, feijão ‘Blauhilde’.
Plantei os restantes pés de melancia ‘Sugar baby’ e também seis pés de tomate ribatejano. Os restantes vou colocar em vasos e oferecer.
Tirei todas as favas ‘Aquadulce supersimonia’ e descasquei-as (foram semeadas dia 7 de Março e para não variar não cheguei a estacar). No processo relocalizei (mudei de sítio) mais de uma dezena de joaninhas, o que me deixa sempre satisfeito, penso que estarei a fazer algo certo.
Parece tudo extremamente tarde, mas acho o tempo instável e noites frias para uma boa germinação. Mesmo os tomates já estabelecidos, têm crescido pouco. No entanto, já estamos a colher cebolas.

Beringela
Baringela, Solanum melongena ‘White egg’.
Capsicum Annum ´Black hungarian´
Malagueta, Capsicum Annum ´Black hungarian´

Beringela ‘Tsakoniki’ ou ‘White egg’, tenho de ver quando crescerem porque agora não encontro nenhuma nota sobre o assunto. É a primeira vez que vejo algum sucesso nas beringelas. Já as malaguetas ´Black hungarian´ são habituais, não são picantes embora estejam listadas como tendo 5.000 a 10.000 SHU.

Nos vasos à entrada do quintal, malagueta ‘ Joe’s long’. Ainda faltam plantar uma série delas.
Também fiz mais umas sementeiras: Beringela ‘Tsakoniki’ e ‘White egg’, Cebola ‘Branca de Lisboa’, Bróculo ‘Calabrese napolitano’, mais Alho-francês, Cominho-negro (Nigella sativa) e Couve-lombarda ‘Cabeça-negra 3’. Não sei onde vou plantar tanta coisa… se bem que daqui a pouco vou retirar a batata e por exemplo a Couve-lombarda devem ser sementes já inviáveis.
De resto tenho andado com a mangueira de pressão a limpar o pátio, incluindo o quintal. Há sempre que fazer.