Etiqueta: bétula-da-manchúria

A Toona sinensis ‘Flamingo’ e a Bétula-da-Manchúria, Betula Mandshurica já estão a abrolhar.

A vista ao ir na direcção do Jardim do Lago. Ao fundo o sensacional Echium candicans.

A minha técnica de lavar vasos só com a chuva tem os seus limites, por outras palavras, hoje passei uma boa parte da tarde a lavar pratos e vasos. Já vou em sete baldes de composto e amanhã se calhar utilizo 10 ou mais, porque vou tentar incorporar composto na terra em todo o lado, enquanto sacho e retiro ervas.

Leucojum aestivum
Leucojum aestivum.
Cornus nuttallii × Cornus florida ‘Eddie’s White Wonder’
Cornus nuttallii × Cornus florida ‘Eddie’s White Wonder’.

De resto, chegamos à época em que cada dia se multiplicam as novidades. As Bétulas da frente já têm folhas, a Grande-cerejeira-branca ‘Tai-haku’ tem aspecto que se vai encher de flores, os narcisos ‘Thalia’ estão a florir imenso (plantei 300 ou mais)… Reparei numa pequena flor branca num dos vasos onde tenho Fritillaria persica ‘Adayaman’ e são os bolbos Leucojum aestivum também a começar a florir.
Ah… O Cornus ‘Eddie’s White Wonder’ está a ficar incrível, tal como a Toona sinensis. Tudo super-bonito.

Bétula-da-Manchúria
Bétula-da-Manchúria, Betula mandschurica no Jardim Branco.

Retirei dois Sempervivum de uma taça grande onde tinha feito uma composição com cinco variedades há anos (julgo que em 2011), sobraram quatro etiquetas para tentar identificar os sobreviventes. Dessa mesma taça nasceram Gladíolos espontaneamente, retirei-os para oferecer.
Plantei dois pés de Pepino ‘Delicatess’ (quadrados 2 e 3). No quadrado 3 também uma fileira (tripla) de Ervilha ‘Kelvedon wonder’. No Jardim Branco, mais uma linha de Escudinha, Lobularia maritima ‘Carpet of snow’ a ver o que dá.
Além disso, as tarefas habituais, regar, amarrar, pequenas podas e remover das roseiras botões que acabaram de florir.

Folhas de Outono

Voltei finalmente ao jardim que começou a parecer a monte. Recolhi nove baldes grandes de folhas e outros três de diversos detritos vegetais. O balde de metal é Ikea, acho que já não tenho nenhum de plástico. As folhas é para fazer terriço de folhas. Estava o vizinho a queixar-se que é só lixo e eu disse-lhe para colocar a folhada no meu sítio. Este pessoal chama lixo ao que é mais natural, não percebo. Estão bons é para jardins de cimento e plástico.
Ainda podei a Bétula-da-Manchúria, para subir a copa mais um pedaço e aproveitei os ramos praticamente todos para diversos fins.