Etiqueta: curgete ‘ronda di nisa’

Nenúfar
Floriu o primeiro Nenúfar do ano.

À entrada do Jardim do Lago plantei uns oito Gerânios-da-madeira que nasceram espontaneamente no quintal (nascem por todo lado, na verdade).
Replantei algum feijão e ervilha que já tinham sido devorados. Além das habituais lesmas e dos detestados caracóis, tenho alguns problemas com uma lagartas (que o meu avô chamava roscas), que cortam as pequenas plântulas pela base — uma lógica que nem para elas é boa.
Nos canteiros 1 e 3, plantei Curgetes ‘Ronda di Nisa’, que já não me lembro quando semeei, mas julgo que terá sido dia 12 deste mês.
Também transplantei os girassóis ‘Herbstschönheit’, cinco ao lado da garagem, do outro lado seis, em frente oito e 12 em frente da porta lateral. Do outro lado dessa porta, os últimos oito.

Casa de insectos

Foi dia de transplantar imensas coisas.
No canteiro 1, um pé de Abóbora ‘Muscat de Provence’.
No canteiro 2, três pés de Abóbora ‘Muscat de Provence’.
No canteiro 4, cinco pés de Curgete ‘Ronda di Nisa’, seis pés de Curgete ‘Albarello’ e um pé de Abóbora ‘Muscat de Provence’.
Num vaso grande que está no Jardim do Lago, dois pés de Malagueta ‘Joe’s long’, que além de super boa, considero extremamente ornamental.
Para vasos de barro, mais três pés de Alfazema ‘Grosso’ (que tenho de confirmar).
E depois ainda tive uma dose de mangueira de pressão.
Ontem instalei finalmente uma “casa de insectos” que comprei no Lidl há imenso tempo. Francamente, os únicos insectos que vi instalarem-se, foram aranhas, que estão por todo o lado e não precisam de casa.

Chegaram as sementes da empresa Sementes Vivas e semeei tudo. Entretanto, com a minha incrível organização, descobri depois que ainda tinhas algumas idênticas do ano passado.

  • Curgete ‘Albarello’
  • Abóbora ‘Muscat de Provence’
  • Girassol Vermelho ‘Velvet Queen’
  • Manjericão ‘Genovese’
  • Abóbora ‘Butternut Waltham’
  • Curgete ‘Di Nizza’
  • Manjericão ‘Vermelho’
  • Pimento ‘Quadrato D’Asti Giallo’
  • Tomate ‘Green Zebra’