Etiqueta: transplantar

Desta vez, no canteiro 1, dois pés de Abóbora ‘Waltham butternut’ e no canteiro 2 outro pé.

Casa de insectos

Foi dia de transplantar imensas coisas.
No canteiro 1, um pé de Abóbora ‘Muscat de Provence’.
No canteiro 2, três pés de Abóbora ‘Muscat de Provence’.
No canteiro 4, cinco pés de Curgete ‘Ronda di Nisa’, seis pés de Curgete ‘Albarello’ e um pé de Abóbora ‘Muscat de Provence’.
Num vaso grande que está no Jardim do Lago, dois pés de Malagueta ‘Joe’s long’, que além de super boa, considero extremamente ornamental.
Para vasos de barro, mais três pés de Alfazema ‘Grosso’ (que tenho de confirmar).
E depois ainda tive uma dose de mangueira de pressão.
Ontem instalei finalmente uma “casa de insectos” que comprei no Lidl há imenso tempo. Francamente, os únicos insectos que vi instalarem-se, foram aranhas, que estão por todo o lado e não precisam de casa.

Cestrum elegans
Cestrum elegans.

O que quero transplantar este ano:

  • Os Hylotelephium spectabile ‘Iceberg’ do Jardim branco (também um ou dois que estão nos meus pais), ‘Matrona’ do Jardim do Lago e outros que estão espalhados e mal situados. Deve ser fácil.
  • Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’ para o jardim do lago perto do Forsythia x intermedia ‘Lynwood’. Não deve ser difícil.
  • As Aucuba japonica ‘Rozannie’ para debaixo do Cercidiphylum japonicum. Espero não as arruinar.
  • Uma Fothergilla major também para debaixo do Cercidiphylum japonicum.

Transplantei tudo menos a Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’ e alguns Hylotelephium spectabile.

Plantei mais nove Eremurus ‘Cleopatra’ — é a planta que mais me desperta curiosidade para a Primavera, os bolbos parecem de outro planeta. Para alguns, tive que retirar três Gerânios-da-madeira que também atrapalhavam bastante o automóvel (estavam enormes, não deu para transplantar, são muito frágeis). No canteiro da porta lateral perto dos Eremurus, duas Stipa tenuissima. No Jardim Branco transplantei cinco Hylotelephium spectabile ‘Iceberg’, acho que agora estarão melhor localizados.
Fiz estacaria de uma Alfazema que agora não sei a variedade (8), Teixo (8) e Agapetes ‘Ludgvan Cross’ (AGM) (4).
Há alguma pressão para colocar os bolbos na terra este fim-de-semana, parece que se vai instalar o mau tempo. Mas só Narcissus ‘Thalia’ tenho 300 e hoje ao transplantar os Hylotelephium spectabile deu para perceber que o terreno está extremamente difícil, corrido a raízes.