Etiqueta: rudbeckia nitida ‘herbstsonne’

Geranium dissectum
Geranium dissectum, com uma raíz monstruosa que como se vê está completamente limpa porque não há terra nem nada que não seja gravilha.

Os dias têm sido bastante produtivos. No canteiro do Cercidiphylum japonicum plantei um Helenium autumnale, duas Echinacea purpurea ‘Green twister’ e duas Echinacea purpurea ‘Mellow yellow’. Ao preparar a terra, surpreendeu-me o dura e compactada que estava, misturei terriço de folhas, mas mesmo assim.
Em frente da entrada lateral plantei uma Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’ (AGM), a tradução é Sol de Outono e realmente já tive outra e começava a florir em Setembro, mas também tenho registo em Julho (bastante diferente!).
Andei no terraço porque este ano vou finalmente (nunca esta palavra foi tão bem utilizada) começar a colocar terra — e decidi que vai ser da que produzo, ou seja, o composto e terriço de folhas, ao que misturarei perlite. Preparei uma pequena parte para colocar geotextil e arranquei um balde de ervas e é um mistério de que vivem estas plantas. Eu não as levei para lá de certeza, só têm gravilha. E mais, também há minhocas. Sairam de onde as minhocas? Subiram a escada — que para elas deve ser como para nós daqui ao céu. Não percebo, a natureza é uma coisa inexplicável e maravilhosa.
Como já referi, os bolbos (em geral) com vários anos são uma miséria de floração. Este ano, os dos vasos vão todos para o composto e para o ano, se quiser, vou ter que comprar todos novos.

Plantas Lidl

Entretanto comprei no Lidl mais uma série de belas plantas.

  • 2 x Echinacea purpurea ‘Doubledecker’
  • 2 x Echinacea purpurea ‘Green twister’
  • Echinacea purpurea ‘Mellow yellow’
  • Helenium autumnale
  • Monarda ‘Gardenview scarlet’ (AGM)
  • Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’
  • Salvia x sylvestris ‘Snow Hill’
  • Veronica longifolia ‘Blue’
  • Veronica longifolia ‘White’

Hemerocallis ‘Autumn red’
Hemerocallis ‘Autumn red’.

No quintal começaram a florir os Hemerocallis ‘Autumn red’, que nos vasos confundi antes com os Nectaroscordum siculum.
Dos bolbos que vieram da Holanda nem tudo correu bem. Já mencionei o fiasco Eremurus. As Fritillaria persica ‘Adiyaman’ estavam óptimas até começarem a secar todas, sendo agora evidente que não vão dar nada.
Das Fritillaria imperialis ‘Aurora’, nem sinal, diria que foram devoradas imediatamente (tal como as Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’ que transplantei, o que é pena porque não sei se voltam a aparecer no Lidl ou algures). O problema aqui é que estão fora do alcance visual diário e facilmente me esqueço de as vigiar.
Os Allium, mais uma vez, fracos, tanto os Allium ‘Purple sensation’ como os Allium Sphaerocephalon.
E por fim os Ornithogalum balansae também foram imediatamente devorados no Jardim Branco. Estes ainda consegui andar em cima e controlar minimamente os caracóis, mas por fim venceram porque as plantas são daquelas aparentemente irresistíveis e todas as noites surgiam mais caracóis vindos sei lá de onde.
O resto, aqueles mais habituais, correram bem.

Bastou um dia de Sol e parece que tudo acordou. Já há Narcisos abertos, Jacintos, o Echium candicans já tem alguma cor, está tudo a brolhar. As Anémonas ‘Mr. Fokker’ estão espectaculares… Hoje à noite quando entrei vindo da rua sentia-se um cheirinho no ar, não sei de quê, pareceu-me dos Alecrim-do-Norte. O Jardim do Lago também cheira muito bem por causa dos Jacintos e das Daphne odora.
Transplantei finalmente as Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’ para o Jardim do Lago e no processo, multipliquei alguns Ophiopogon planiscapus ‘Nigrescens’. Começo a notar que as etiquetas desaparecem facilmente e que me custa recordar algumas variedade concretas… por exemplo, já não sei qual é a variedade de Narciso debaixo do Cornus ‘Eddie’s White Wonder’ e não encontro neste blogue. Irritante, mas desconfio que seja ‘Tête-a-tête’.

Cestrum elegans
Cestrum elegans.

O que quero transplantar este ano:

  • Os Hylotelephium spectabile ‘Iceberg’ do Jardim branco (também um ou dois que estão nos meus pais), ‘Matrona’ do Jardim do Lago e outros que estão espalhados e mal situados. Deve ser fácil.
  • Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’ para o jardim do lago perto do Forsythia x intermedia ‘Lynwood’. Não deve ser difícil.
  • As Aucuba japonica ‘Rozannie’ para debaixo do Cercidiphylum japonicum. Espero não as arruinar.
  • Uma Fothergilla major também para debaixo do Cercidiphylum japonicum.

Transplantei tudo menos a Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’ e alguns Hylotelephium spectabile.