Etiqueta: quintal

Quintal

O quintal está assim… Em primeiro plano, Camomila-dos-alemães, Matricaria recutita, que nasce espontaneamente aos montes (deixo sempre formar sementes).
Ao fundo, as flores amarelas são Bidens ferulifolia que basicamente adoptaram aquele lugar e recusam a mover-se dali. Plantei-as inicialmente no Jardim do Lago e era lá que as queria, não há hipótese — mas o extraordinário é que foram para este lugar por vontade própria. Tenho esperança que se dêem no terraço, aqui era suposto ter vegetais e legumes.

Torneiras de rega

Este ano vou instalar tubo gotejador no quintal, porque no Verão, regar tornou-se um trabalho a tempo inteiro. Mesmo estando a exagerar, é um trabalho diário e muitas vezes não é possível na hora certa e as plantas sofrem, as culturas não são tão boas e no geral enerva-me em vez de me relaxar. Tenho a sensação que estou sempre atrasado ao regar. Isto no quintal, porque no jardim, conforme vai amadurecendo, cada vez rego menos até ao ponto em que praticamente não rego. Os vasos é outro assunto e outro foco de urgência durante os meses quentes — ou até mesmo agora, porque ainda hoje reparei que a Roseira ‘A Shropshire Lad’ que estava magnífica, mostrou-se desanimada por falta de água e a falta foram apenas dois dias, por esquecimento.
Tenho quatro canteiros de cerca de 16m2 no quintal e em cada um vou colocar nove linhas de tubo. Por cada linha uma torneira, para poder ter controlo bastante amplo sobre o que decido regar. Numa primeira fase não vou instalar controlador de rega, vai ser manual (abrir a torneira) até chegar à conclusão dos tempos. Cada gotejador gasta 2,3 litros por hora, segundo me informaram na loja de rega Cudell. Vou instalar um dos canteiros, se tudo resultar, instalarei os outros três posteriormente.

Quintal
Zona dos compostores.

Hoje o tempo que tive foi inteiramente para limpar e arrumar o fundo do quintal, onde estão os compostores. Ficou melhor do que o que estava.

Quintal
Canteiro 3, em primeiro plano ‘Bidens ferulifolia’ que resolveu instalar-se e utilizo para transplantar para o jardim (com muito menos sucesso).

Dia de podar os limoeiros do fundo do quintal e arrancar ervas que nas últimas semanas explodiram no quintal. Deu para limpar os canteiros três e quatro.
Por acaso deu para passar rapidamente no Flor do Norte e comprei Couve-roxa, Couve-lombarda, Repolho e Penca da Póvoa. Também dois vasitos de cebolinho e três com Heuchera ‘San Leuch’.

Hoje cavei os canteiros dois e três, no quintal. Resolvi enterrar as ervas, espero não me arrepender. Transplantei alguma Camomila, Salsa e Esporas (Consolida ajacis (L.) Schur) que nasce espontaneamente. Talvez semeie a batata esta semana antes de chover.
E não tive tempo para mais.